05/03/2017 21:58 - Atualizado em 07/03/2017 00:36

A obra de David Gilmour com o seu Pink Floyd e os hits de Ritchie no GT

Joubert de Carvalho, Flora Purim e Jaret Reddick completam a lista desta segunda-feira

Redação
Hoje é Dia

Hoje é dia!
Por Ladenilson Pereira, professor e historiador


Bom seria que a vida fosse como nossa playlist de hoje, repleta de opções não excludentes, mas apenas complementares. Seria uma estrada com todos os caminhos conduzindo a momentos de prazer e satisfação. Duvida? Então vamos conferir...

Joubert de Carvalho faleceu no Rio de Janeiro em 20 de setembro de 1977 - Foto: arquivo

Encabeçando a nossa lista, temos a honra de homenagear o compositor JOUBERT DE CARVALHO, nascido em 6 de MARÇO de 1900. Médico de formação, consagrou-se na autoria de canções como “O Príncipe”, um dos temas mais executados durante os festejos do Centenário da Independência, em 1922. Dono de grande criatividade, teve como um de seus mais célebres parceiros o poeta Olegário Mariano, com quem elaborou, entre outras "Cai, cai balão" e "De papo pro ar", a famosa toada na qual é narrado o estilo de vida de um caipira que leva a vida a pescar e tocar viola. Outros destaques em sua carreira foram a marchinha “TAÍ (PRA VOCÊ GOSTAR DE MIM)”, primeiro grande sucesso de Carmen Miranda, no longínquo Carnaval de 1930, e a antológica “Maringá”. Sobre esta, vale desfazer um grande mal-entendido. Muitos pensam que a canção foi feita para celebrar o município do norte paranaense. Na verdade, ocorreu o inverso. A música foi feita nos anos 30 após o compositor receber a notícia de que dentre os povoados assolados pela seca nordestina, estava um lugarejo chamado Ingá. Imaginou uma Maria do Ingá, logo reduzida para Maringá por uma questão de sonoridade. A cidade ao sul do País adotou este nome apenas muito depois, quando operários (em sua maioria nascidos no Nordeste), cantavam frequentemente a toada.

Flora Purim completa 75 anos - Foto: divulgação

A data igualmente é de congratulações para a cantora FLORA PURIM, nascida em 6 de MARÇO de 1942. Praticamente desconhecida do grande público no Brasil, a artista radicada nos Estados Unidos desde a década de 60, já se apresentou ao lado de feras como Stan Getz, Chick Corea, Stanley Clarke, Carlos Santana, Hermeto Pascoal, Gil Evans, Dizzy Gillespie e Airto Moreira. Participou de álbuns laureados como "Butterfly Dreams", “Humble People", "The Magicians", "Planet Drum", e "The Dizzy Gilliespie United Nations Orchestra". Em 2002, foi condecorada pelo Itamaraty com a Ordem do Rio Branco, por sua contribuição à divulgação da cultura nacional. Para esta grande intérprete de jazz e bossa nova, a homenagem vai na forma do “JOBIM MEDLEY”, com a participação de Elaine Elias e David Sanborn.

David Gilmour faz 71 anos de vida - Foto: divulgação

O dia também é de muita festa para o guitarrista, cantor e compositor britânico DAVID GILMOUR, nascido em 6 de MARÇO de 1946. Figura emblemática do Pink Floyd, o músico também desenvolveu uma expressiva carreira solo. Vale salientar que além de exímio instrumentista, sua importância cresceu após a saída de Roger Waters da legendária banda em 1979. O aniversariante assumiu a responsabilidade da liderança e ainda foi decisivo na elaboração dos álbuns “A Momentary Lapse of Reason” e “The Division Bell”. Dentre seus trabalhos individuais, vale salientar os discos “David Gilmour”, “About Face” e "On An Island". De seu qualificado repertório, a música que mais me fascina por sintetizar bem seu talento, é "LEARNING TO FLY".

Ritchie é parabenizado por seus 65 anos - Foto: divulgação

A lista dos homenageados inclui o cantor e compositor inglês RITCHIE, nascido em 6 de MARÇO de 1952. Radicado no Brasil desde meados da década de 70, foi figura emblemática do pop / rock nacional dos anos 80. Além de sua carreira solo, integrou as bandas “A Barca do Sol”, “Tigres de Bengala” e “Vímana”. Colaborou em discos de grandes nomes como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Lulu Santos, Kid Abelha, entre outros. Poucos sabem, mas o retratado também atua na área de multimídia, tendo organizado o projeto “MPB para Crianças” (em CD ROM) e organizado o site do cantor e compositor Lulu Santos e parcialmente o dedicado ao poeta Carlos Drummond de Andrade. Composições suas já foram gravadas por músicos de estilos tão distintos quanto Belô Velloso, Fausto Nilo, Cazuza, Olívia Hime, Zezé di Camargo & Luciano, Maricenne Costa e o grupo Ira!. Seu melhor momento como artista solo junto à crítica e ao público ocorreu em 1983, quando do lançamento do álbum "Voo de coração". À época, sob o selo CBS, foi o disco mais vendido do Brasil, superando inclusive Roberto Carlos, líder inconteste na gravadora até então. Além da faixa-título, fizeram muito sucesso as canções "Pelo interfone", "Pra conversar", "Casanova", "Menina veneno" e “A VIDA TEM DESSAS COISAS”.

Jaret Reddick faz 45 anos - Foto: divulgação

Esta data de tantos e tão variados estilos musicais se conclui com o instrumentista, ator, cantor e compositor norte-americano JARET REDDICK, nascido em 6 de MARÇO de 1972. O músico é o líder da banda Bowling For Soup. Na estrada desde 1994, o grupo possui dentre seus álbuns mais significativos “Drunk Enough to Dance”, “A Hangover You Don´t Deserve”, “The Get Happy Tours” e “The Great Burrito Extortion Case”. Deste último, saliento o megassucesso “HIGH SCHOOL NEVER ENDS”. De igual modo, também nunca termina a nossa paixão pela música, pois deixo bem claro que amanhã tem mais...

Ladenilson Pereira

Ladenilson Pereira

Formado em História e Direito pela USP, Mestre em Educação pela Uninove, Professor Universitário na FALC (Faculdade da Aldeia de Carapicuíba), Professor de História no MED Vestibulares e também leciona na rede pública estadual paulista. Ele colabora com o Guitar Talks desde setembro de 2013. Exerce seu primeiro mandato como vereador de Carapicuíba.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

RELACIONADAS

FACEBOOK