17/02/2017 17:11 - Atualizado em 21/02/2017 01:05

Começamos a semana com o grunge de Kurt Cobain e o pop de e Rihanna

Coluna traz ícones jovens que não conhecem o limite

Redação
Hoje é Dia

Hoje é dia!
Por Ladenilson Pereira, professor e historiador


Hoje é dia de celebrar dois ícones da música, ídolos de milhões de pessoas em todo o mundo. Apesar de um deles, infelizmente, não estar mais conosco, sua arte marcou época sendo uma constante referência até os dias atuais.

Kurt Cobain tirou a própria vida em 5 de abril de 1994, nos EUA - Foto: CEDOC MTV

Estou falando do inesquecível instrumentista, cantor e compositor norte-americano KURT COBAIN, nascido em 20 de FEVEREIRO de 1967. O líder da banda Nirvana, por sua partida precoce (mais uma vítima da famosa “maldição” dos 27 anos), postura e pelo triunfo do grunge, acabou se tornando um dos símbolos musicais da década de 1990. Impossível não reverenciar o álbum “Nevermind” (1991), um daqueles discos obrigatórios para qualquer admirador de boa música. Verdadeira obra-prima cuja apreciação deve começar pela capa provocativa e inteligente, passando pelas doze faixas compostas pelo aniversariante. Vale ouvir atentamente toda a obra, particularmente "In Bloom", "Breed", "On a Plain", "Stay Away" e "SMELLS LIKE TEEN SPIRIT".

O disco mais conhecido do grupo é frontalmente oposto ao seu sucessor, o álbum “In Utero” (1993), que por sua vez apresenta algumas faixas com títulos longos, sonoridade mais visceral e natural além de uma valorização dos vocais do homenageado. Alguns críticos chegam a observar que o disco reflete o momento pessoal do líder da banda (referências a bebês e partos, numa época em que o músico descobria a paternidade). O trabalho apresenta treze músicas de estilos distintos, sendo praticamente todas compostas pelo líder do conjunto. Vale conferir “Dumb”, “Milk It”, “All Apologies”, "Gallons of Rubbing Alcohol Flow Through the Strip", "Frances Farmer Will Have Her Revenge on Seattle" e "Scentless Apprentice", “Rape Me" e "SERVE THE SERVANTS" para se observar porque a banda acabou por se tornar paradigma de uma época, com seu líder sendo retratado em filmes e documentários como “Kurt & Courtney”, “Últimos Dias” e “Kurt Cobain - Retrato de uma Ausência”.

A esterela pop Rihanna completa hoje 29 anos - Foto: divulgação

No auge da forma, da beleza e de seu talento, está a cantora e compositora barbadiana RIHANNA, nascida em 20 de FEVEREIRO de 1988. A artista, que vem construindo uma das mais bem-sucedidas carreiras musicas deste século, surgiu como um prodígio por conta do bem-sucedido álbum “Music of the Sun” de 2005. Nele, destacaram-se faixas como "Pon De Replay", “Let Me” e "If It´s Lovin´ that You Want". Com o disco “A Girl like Me”, no ano seguinte, foi a vez de “SOS”, "Unfaithful", "We Ride" e "Break It Off". Mas foi com o CD “Good Girl Gone Bad” de 2007, que a artista caribenha consolidou seu status de grande nome pop contemporâneo por conta de "Shut Up and Drive", "Blue Monday” e do megassucesso "UMBRELLA”.

Tendo se tornado uma estrela de primeira grandeza, soube capitanear o êxito de seu trabalho anterior com o lançamento de “Good Girl Gone Bad: Reloaded/Live” (trazendo ainda como músicas inéditas “Take a Bow", "If I Never See Your Face Again" e "Disturbia"). A convivência da dance music com momentos de rhythm and blues e pop marcam também os mais recentes trabalhos da artista, os álbuns “Rated R”, “Loud”, “Talk That Talk”, “Unapologetic” e “Anti”. Estes agregaram mais alguns hits à sua coleção, aguçando o prazer de ouvi-la. Que o digam faixas como "Russian Roulette”, "Wait Your Turn", “Hard”, "Only Girl (In the World)", "S&M", "What’s My Name?" (dueto com o rapper Drake), “FourFiveSeconds”, "American Oxygen" “Bitch Better Have My Money”,"Needed Me" e "KISS IT BETTER. É de se admirar tamanha vitalidade e se imaginar quais serão os seus limites, se é que existem...

Ladenilson Pereira

Ladenilson Pereira

Formado em História e Direito pela USP, Mestre em Educação pela Uninove, Professor Universitário na FALC (Faculdade da Aldeia de Carapicuíba), Professor de História no MED Vestibulares e também leciona na rede pública estadual paulista. Ele colabora com o Guitar Talks desde setembro de 2013. Exerce seu primeiro mandato como vereador de Carapicuíba.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

RELACIONADAS

FACEBOOK