11/10/2016 00:57 - Atualizado em 19/10/2017 22:10

Data dedicada às crianças pede passagem aqui no Guitar Talks

Uma lista de canções para embalar o dia dedicado aos pequenos

Redação
Hoje é Dia

Hoje é dia!
Por Ladenilson Pereira, professor e historiador

Às crianças nada? Tudo!!!! Fiel ao espírito de que todos nós já fomos (ou temos crianças em nosso cotidiano), este espaço apresenta obras de artistas nacionais e estrangeiros dedicadas aos pequenos. É uma oportunidade de conhecer ou recordar faixas que embalaram uma parte deliciosa da vida de milhões de adultos e também o momento de oferecer algumas sugestões de discos que podem ser  apresentados à petizada. Afinal, é na infância que somos apresentados ao fascinante mundo musical, e nada melhor que começar com o pé direito, ou melhor, com os dois...

Adriana (Calcanhotto) Partimpim também veio comemorar - Foto: divulgação

Para quem deseja mostrar boa música aos guris e não sabe como começar, uma dica são os facilmente encontráveis álbuns de ADRIANA CALCANHOTTO voltados ao público infantil: “Adriana Partimpim”, “Partimpim Dois” e “Partimpim Tlês”. Difícil dizer qual é o melhor; o ideal é ouvir todos. Há desde composições próprias como “Oito Anos” (em parceria com Paula Toller e Dunga), passando pela “Ciranda da Bailarina” (Chico Buarque), “O Homem que Deu Nome a Todos os Animais” (versão de “Man Gave Name to All The Animals” de Bob Dylan) e “O TRENZINHO DO CAIPIRA” (letra de Ferreira Gullar para música de Villa-Lobos).

Outras excelentes opções disponíveis nas lojas são os discos do “Palavra Cantada” (a dupla composta por Sandra Peres e Paulo Tatit tem como marca a sensibilidade, o bom gosto e o respeito à inteligência infantil) e álbuns clássicos de figuras do primeiro time da MPB, como “Arca de Noé” de Vinícius de Moraes, “Casa de Brinquedos” de Toquinho, “O Grande Circo Místico” de Chico Buarque e Edu Lobo, “Adivinha o que é” do MPB 4 (ali estão dentre outras, “A Lua” de Renato Rocha) e “OS SALTIMBANCOS” de Chico Buarque. A fábula musical foi inspirada no conto “Os Músicos de Bremen” dos irmãos Grimm, recebendo do consagrado compositor uma caprichada trilha sonora interpretada por Miúcha, MPB 4 e Nara Leão. Dentre os temas antológicos está “HISTÓRIA DE UMA GATA”.

Recorrendo-se aos sebos, podem ser encontrados discos (originais em vinil e alguns relançados posteriormente em CD) com canções integrantes da infância de muitos pais, tios e avós mais jovens, que são cantadas até hoje. Destaque para as trilhas sonoras de “Vila Sésamo” (músicas dos irmãos Marcos e Paulo Sérgio Valle), “Sítio do Picapau Amarelo” (participações de Gilberto Gil, Chico Buarque, MPB-4, Dorival Caymmi e tantos outros), dos especiais infantis da Globo dos anos 80 como “Canção de Todas as Crianças” e o antológico “PLUNCT, PLACT, ZUUUM” (com pérolas como “Brincar de Viver”, “Sereia” e “CARIMBADOR MALUCO”).

Aos que simplesmente querem curtir o feriado e conhecendo curiosidades sonoras, creio que vão gostar dos itens a seguir, pois estão elencadas faixas pueris de nomes consagrados. Começando pelo maior músico vivo, o genial PAUL McCARTNEY. Fiel à máxima: “Um adulto criativo é uma criança que sobreviveu.”, o pra lá de consagrado ex-beatle, nos apresenta a criança que existe dentro de si na linda canção, com direito a clipe em desenho animado, “WE ALL STAND TOGETHER (THE FROG SONG)”.

Outro monstro sagrado da história da música, FRANK SINATRA, também não resistiu e deixou sua contribuição. Nos idos dos anos 40, gravou ao lado de um coral de crianças, o tema infantil “HIGH HOPES”, uma canção de letra otimista que alcançou bastante sucesso à época. Coincidentemente, cerca de vinte anos depois, a faixa, com versos adaptados, foi o jingle da vitoriosa campanha eleitoral de John Kennedy à Casa Branca em 1960. Certamente contribuiu para que muitos jovens adultos (as crianças de uma geração atrás) se identificassem com o candidato...

O inesquecível astro do jazz LOUIS ARMSTRONG também não fez por menos. Gravou um álbum inteiro dedicado à música infantil: “Disney Songs The Satchmo Way” (1968), com canções de produções como “Cinderela”, “Branca de Neve e os Sete Anões”, “Mary Poppins” e “Mogli” interpretadas ao seu peculiar estilo. Deste disco, destaco “WHEN YOU WISH UPON A STAR”, tema de “Pinóquio”, animação de Walt Disney realizada em 1940. Simplesmente comovente!

JUDY GARLAND, ainda uma menina em 1939, se consagrou no papel de Dorothy, a protagonista da antológica superprodução de Victor Fleming, “O Mágico de Oz” (ainda neste ano, o diretor faria “E o Vento Levou...”). Sua interpretação do tema “SOMEWHERE OVER THE RAINBOW” segue encantando gerações desde então, a ponto de a canção integrar tanto coletâneas de músicas infantis como dos melhores temas da história de Hollywood.

Impossível falar de infância e de boa música sem se render ao talento e requinte das produções de Walt Disney, nas quais, ao longo das décadas, grandes temas foram utilizados. O nosso ARY BARROSO contribuiu para o sucesso do clássico “Alô Amigos”. A quem não associar o nome à obra, basta recordar que é o desenho animado produzido em plena Segunda Guerra Mundial, no contexto da “Política da Boa Vizinhança”, apresentando o encontro do Pato Donald e Zé Carioca. Ao som de “AQUARELA DO BRASIL” gerações de espectadores se emocionam até hoje, sentindo orgulho do País. Esta e outras belas faixas foram reunidas no CD e DVD “Disney, Adventures in Samba” com direito a novas interpretações de números consagrados como “Tico-Tico no Fubá”, “Na Baixa do Sapateiro” e “Os Quindins de Iaiá”. Entre reminiscências e sugestões, espero haver demonstrando que não faltam oportunidades para apresentar música de qualidade aos pequenos. Convenhamos, eles merecem coisa melhor e mais inteligente que coreografias erotizantes e ilariês.

Ladenilson Pereira

Ladenilson Pereira

Formado em História e Direito pela USP, Mestre em Educação pela Uninove, Professor Universitário na FALC (Faculdade da Aldeia de Carapicuíba), Professor de História no MED Vestibulares e também leciona na rede pública estadual paulista. Ele colabora com o Guitar Talks desde setembro de 2013. Exerce seu primeiro mandato como vereador de Carapicuíba.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

RELACIONADAS

FACEBOOK