05/01/2017 15:31 - Atualizado em 07/01/2017 00:16

MPB e rock com Walter Franco, Syd Barrett, Malcolm Young e Alex Turner

A vanguarda da música brasileira, Pink Floyd, AC/DC e Arctic Monkeys na coluna do Guitar Talks

Redação
Hoje é Dia

Hoje é dia!
Por Ladenilson Pereira, professor e historiador


Embora meio esquecido, hoje é Dia de Santo Reis, como dizia Tim Maia. Deste modo, serão homenageados quatro músicos que talvez, de primeira, a maioria das pessoas não dê conta de sua importância. Contudo, ao se observarem suas criações, verifica-se o tamanho de sua contribuição.

Walter Franco faz hoje 72 anos de vida - Foto: divulgação

Começando pelo cantor e compositor WALTER FRANCO, nascido em 6 de JANEIRO de 1945. Começou compondo trilhas sonoras para teatro na Escola de Arte Dramática da USP, onde estudou. Seus trabalhos foram influenciados esteticamente pela Bossa Nova e pelo Tropicalismo, embora não tenha sido integrante de um nenhum movimento artístico. Como tantos outros nomes de sua geração, participou dos festivais dos anos 60 e 70, chamando a atenção pelo caráter pouco convencional de suas obras (nas letras, influências da Poesia Concreta; nas músicas, mescla de ritmos nordestinos com elementos pop e eruditos). Seus mais conhecidos álbuns são “Revolver” e “Ou Não” (vale o registro de que ele é o autor do uso reiterado desta expressão a demonstrar ambiguidade ou complexidade, e não Caetano Veloso, como muitos creem). O grande público talvez não se dê conta, mas muitas das composições deste artista transgressor já foram gravadas por feras como Chico Buarque, Ira!, Camisa de Vênus, Leila Pinheiro, Oswaldo Montenegro e Arnaldo Antunes, dentre outros. Algumas de suas mais populares canções são “Me Deixe Mudo”, “Coração Tranquilo”, “Vela Aberta”, “Respire Fundo” e “SERRA DO LUAR” (inspirada por Maria Cristina, sua então namorada e hoje esposa).

O controverso Syd Barrett faleceu em 7 de julho de 2006 no Reino Unido - Foto: arquivo

É dia de reverenciar o artista plástico, guitarrista, cantor e compositor inglês SYD BARRETT, nascido em 6 de JANEIRO de 1946. À primeira vista, seu nome pode causar estranheza, mas o artista foi um dos fundadores da banda Pink Floyd. Contribuiu com composições, ideias musicais e estilísticas fundamentais para o grupo, deixando-o em 1968, por conta de problemas comportamentais oriundos da dependência química. Seus antigos companheiros, reconhecedores de sua importância, o homenagearam com a música “Shine On”, no álbum “Wish You Were Here”. Após a saída do conjunto, ainda realizou alguns trabalhos solo (“The Madcap Laughs” e “Barrett”) e pintou algumas telas. Para que se possa avaliar o rock star em sua melhor forma, sugiro a audição do disco “The piper at the gates of dawn”, destacando as faixas "See Emily Play" e "ARNOLD LAYNE".

Malcolm Young comemora 64 anos - Foto: divulgação

Congratulações para o guitarrista, cantor e compositor escocês, naturalizado australiano, MALCOLM YOUNG, nascido em 6 de JANEIRO de 1953. O músico é um dos fundadores da banda AC/DC. Virtuose em seu instrumento, é extremamente reconhecido pelos riffs que criou, muitos dos quais fizeram escola. A banda “Frenzal Rhomb”, em sua homenagem, compôs "Forever Malcolm Young", como reconhecimento de sua importância para a guitarra rítmica no rock. Por toda a sua dimensão, foi com muita tristeza que, em agosto de 2014, o AC/DC comunicou em sua página oficial, o desligamento do aniversariante por conta de graves problemas de saúde. Apesar de tudo, sua arte permanece jovem e vigorosa; assim, mais do que nunca, vale conferir infinitas vezes sua obra-prima, o álbum “BACK IN BLACK”, do qual saliento a eletrizante faixa-título.

Alex Turner completa 31 anos de vida - Foto: divulgação

Terminando com o guitarrista, cantor e compositor inglês ALEX TURNER, nascido em 6 de JANEIRO de 1986. O artista é o líder da banda Artic Monkeys. Com um tino comercial pouco comum aos músicos, distribuía gratuitamente CDs demo aos fãs dos primeiros shows, o que rapidamente popularizou seu trabalho. Assim, quando foi gravado o primeiro álbum “Whatever People Say I Am, That´s What I´m Not”, em 2005, o grupo já era bastante conhecido por seus três anos de estrada nas casas noturnas britânicas. Com letras fortemente calcadas na realidade cotidiana, o conjunto deu continuidade à sua bem-sucedida discografia com “Favourite Worst Nightmare”, “Humbug”, “Suck It and See” e “AM”. Irrequieto e criativo, o homenageado também desenvolveu projetos paralelos como o The Last Shadow Puppets (resultando o disco “The Age of the Understatement”) e a elaboração da trilha sonora do longa-metragem “Submarine”, dirigido por Richard Ayoade. Em meio a tantas boas faixas, é uma tarefa muito ingrata escolher apenas uma, mesmo assim ressalto “DO I WANNA KNOW?”. Agora é curtir os “quatro Reis Magos” de hoje e aguardar o que nos espera amanhã...

Ladenilson Pereira

Ladenilson Pereira

Formado em História e Direito pela USP, Mestre em Educação pela Uninove, Professor Universitário na FALC (Faculdade da Aldeia de Carapicuíba), Professor de História no MED Vestibulares e também leciona na rede pública estadual paulista. Ele colabora com o Guitar Talks desde setembro de 2013. Exerce seu primeiro mandato como vereador de Carapicuíba.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

RELACIONADAS

FACEBOOK