Silva canta Marisa


Artista: Silva
Álbum: “Silva canta Marisa”
Gravadora: Slap / Som Livre
Categoria: MPB / experimental
18/11/2016 13:45 - Atualizado em 15/02/2017 12:44

Silva dá aula de como fazer versões em disco de canções de Marisa Monte

Álbum de estúdio deriva de experiência com show em tributo à cantora

Marcos Ferreira
Guitar Talks
Marisa Monte e Silva - Foto: Jorge Bispo

Silva é um dos nomes mais celebrados da nova MPB. Com um repertório autoral bem recebido por público e crítica, o cantor que ganhou notoriedade por fazer grandes parcerias agora vive uma experiência diferente como intérprete. 

Em 2015, o músico estreou o show que passeava pelas faixas de sucesso de Marisa Monte. De ídolo a parceiros, a relação foi mote para que o jovem artista tivesse autoridade para dar sua cara para clássicos de uma das vozes mais marcantes da atualidade no disco “Silva canta Marisa”.

O trabalho é composto pelas faixas “Ainda Lembro”, “Eu Sei “Na Mira”, “Infinito Particular”, “Não é Fácil”, “Noturna (Nada de Novo na Noite) - a única inédita, composta por Marisa, Silva e seu irmão Lucas -, “Pecado é Lhe Deixar de Molho”, “Beija Eu”, “O Bonde do Dom”, “Não Vá Embora”, “Verdade é uma Ilusão”, “Tema de Amor” e “Na Estrada”.

A escolha das músicas mostra um conhecimento de garimpo pessoal sobre as canções da cantora, trazendo grandes hits e lados b. O mais interessante de tudo é notar a total liberdade sonora de Silva na obra alheia. 

Claro que as canções são o sangue de Marisa, as entoações de voz não foram distorcidas, mas o timbre e o instrumental fizeram nascer faixas de vida inteiramente própria. O registro é uma aula de como fazer boas versões e não se perder no caos da falta de identidade.

Caso não consiga ouvir as músicas completas, cadastre-se gratuitamente no Spotify e baixe seu aplicativo.

Confira a capa do disco em detalhes. 

Marisa Monte e Silva - Foto: Jorge Bispo

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

ÚLTIMOS LANÇAMENTOS

FACEBOOK