25/10/2016 14:39 - Atualizado em 26/10/2016 15:16

Faixas do disco póstumo do Sabotage passam de 2 milhões de streams no Spotify

Aumento de reproduções das músicas do rapper foi de quase 2000%, segundo levantamento da plataforma

Felipe Madureira
Guitar Talks
Sabotage - Foto: divulgação

Um dos principais destaques dos últimos tempos na música nacional foi o lançamento, via Spotify, do disco póstumo de um dos maiores rappers da história do Brasil. Depois de anos de produção os fãs do Sabotage puderam desfrutar das 11 canções inéditas, produzidas pelo trio Daniel Ganjaman, Rica Amabis e Tejo Damasceno (Instituto).

O material conta com participações de BNegão, Céu, Dexter, Sandrão, Negra Li, Shyheim (do Wu-Tang Clan) e outros e toda a renda do álbum será revertida para a família do cantor. Após um pouco mais de uma semana de seu lançamento, o disco é um sucesso estrondoso.

A ação do Spotify no dia 17 de outubro foi algo inédito, pois o lançamento foi transmitido ao vivo pelo Facebook da companhia. No dia do lançamento, o número de ouvintes de Sabotage na plataforma cresceu 570% e streams do artista subiram quase 2000%, segundo levantamento do Spotify.

A música mais escutada do álbum novo foi “Mosquito“, em colaboração com Tropkillaz, com mais de 320 mil reproduções. Já a faixa “País da Fome: Homens Animais” está entre as 5 músicas mais virais no Spotify global.

No total, já foram mais de 2 milhões de streams das faixas do álbum “Sabotage” no Spotify. Também a partir do dia 17, músicas do Sabotage foram adicionadas em mais de 20 mil playlists, totalizando mais de 234 mil playlists com conteúdo do artista no Spotify.

No ano passado, falando sobre o trabalho, Daniel Ganjaman comentou que esperava “ver muita gente chorando, porque é um disco emocionante”. O Sabotage é impressionante. (…) É louco como ele estava à frente do tempo. Eu vejo traços do que está acontecendo agora num disco feito há 10 anos! O Sabotage é o melhor MC que já gravei, sem sombra de dúvida”, completou o produtor.

Ouça o disco póstumo do “Sabotage”:

Caso não consiga ouvir as músicas completas, cadastre-se gratuitamente no Spotify e baixe seu aplicativo.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

RELACIONADAS

FACEBOOK