19/07/2017 20:43 - Atualizado em 27/07/2017 12:04

John Coltrane permanece figura inspiradora 50 anos após a sua morte

Saiba mais sobre o ídolo revolucionário do jazz

Felipe Madureira
Guitar Talks
John Coltrane - Foto: divulgação

John Coltrane é um dos maiores ícones do jazz e nos deixou há 50 anos. Ele permanece uma figura inspiradora por ter criado uma música avançada e até, de certo modo, “estranha” para alguns ouvidos, além de espiritualmente rica.

O cara tocou com Miles Davis e Thelonious Monk e soube “magnetizar” todos ao redor, de acordo com o músico, professor e escritor Bill Cole. Cole aborda o Coltrane músico e o homem religioso em sua publicação lançada em 1976.

O jazzman é oriundo da Carolina do Norte e perdeu boa parte da família no início da adolescência, quando mudou-se com a mãe para Filadélfia aos 17 anos de idade. Em primeiro lugar experimentou o saxofone alto e o clarinete, começando a tocar em bares. Entretanto, pouco tempo depois ingressou na Marinha, no mesmo dia em que deflagrou a bomba atómica em Hiroshima.

Há muitas histórias envolvendo Coltrane, suas experimentações com heroína, e outras histórias do mito que descobriu o saxofone tenor e com esse instrumento integrou a banda do saxofonista alto e blues shouter Eddie “Cleanhead” Vinson. Depois só cresceu a lenda “Trane”.

Saiba um pouco mais sobre o gênio do jazz em vídeo do “Na Mira do Groove”:

Ouça “A Love Supreme”:

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

RELACIONADAS

FACEBOOK