04/09/2017 15:50 - Atualizado em 29/09/2017 14:17

Orione Trio lança "single-retrato" das relações contemporâneas movidas à fluidez

“Medo” foi gravado de forma semi ao vivo, parceria com o Primeiro Andar Estúdio

Felipe Madureira
Guitar Talks
Dom Orione, voz e violão do Orione Trio - Foto: divulgação

O Orione Trio é uma banda recém-arquitetada pelo figura Dom Orione (Videocassetes). O som da trupe, oriunda do extremo sul de São Paulo, traz um ar “Bob Dylan da quebrada” – pelo menos tendo como base o single “Medo”.

A canção foi gravada de forma semi ao vivo, em uma parceria com o Primeiro Andar Estúdio. O single vem com um clipe dirigido por Luís Silva. As imagens são de Leandro Lima. Edição de imagens é também de Silva.

A lírica de “Medo” reforça o consciente coletivo de descrença em relação a várias coisas que nos afligem – amizades e tudo mais. É a fluidez de relações pessoais tão frisada por Zygmunt Bauman. Orione Trio é Dom Orione (violão/voz), Fernando Silva (bateria/voz) e Diogo Alves (guitarra/voz)

Letra de “Medo”:

Eu tenho medo do escuro 
Medo daquilo que não vejo 
Enquanto temo o futuro 
Convivo só, com meus anseios 
Eu tenho medo, eu tenho medo 
Eu tenho medo de mudar 
Todos apontam os meus erros 
Mas poucos vem me ajudar 

Eu tenho medo do escuro 
Eu não confio em ninguém 
Enquanto temo o futuro 
Você finge ser alguém 
Você declama poesias 
Mas deixa as roupas no varal 
Se mostra tão indiferente 
Mas no fundo é banal

Confira o clipe:

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

RELACIONADAS

FACEBOOK