28/06/2017 14:06 - Atualizado em 05/07/2017 07:57

The Old Shack Band ressussita o "rock valvulado" com disco homônimo

Lançamento é uma parceria entre Abraxas e Tropical Fuzz Fever Records

Felipe Madureira
Guitar Talks
The Old Shack Band - Foto: divulgação

Mais um lançamento da Abraxas na pista, em parceria com a Tropical Fuzz Fever Records. Trata-se do disco de estreia dos paulistas do The Old Shack Band. O grupo traz influências que vão do metal ao blues, com destaque para o uso de amplificadores valvulados.

O power trio Zemyr Bretas (guitarra e vocal), Nene Foroni (baixo e vocal) e Marcelo Bastos (bateria) brinda os ouvintes com riffs bem elaborados, bateria presente e baixo potente.

O álbum da banda de Guaratinguetá, que soma dois anos de carreira, foi gravado ao vivo no estúdio AudioBox, na cidade natal dos caras. O esquema foi feito assim para privilegiar uma sonoridade crua. O trabalho masterizado por Will Just (Muddy Brothers), de forma analógica, no Sabotage Studios, em Boston (EUA).

O disco abre com solos harmônicos e o swing do blues em “Look Out”; as influências do punk e garage rock ficam presentes em “You Against You”. Já os anos escutando Black Sabbath apareceram naturalmente na “My Own Demons”, uma música sinistra, cheia de energia.

O metal também está presente com força em “Crossfire” e “Suffer no More”. O álbum encerra com “Drifting Woman” que remete ao blues rock de meados da década de 1960. 

Ouça o debut do grupo:

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

RELACIONADAS

FACEBOOK